segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

TWC :: chapter 10

Hey gente, tudo bem com voces? Espero que sim ^.^
Nao liguem para os erros ortograficos, o teclado e diferente, e desculpem porque acho que esta um pouco dificil de ler, nao e?!
Desculpem a minha demora, como sabem, estou viajando... Esta maravilhoso, se voces querem saber, so sinto falta das pessoas que ficaram. Mas, me desculpem mesmo pela demora, e nao se assustem por eu postar de "madrugada", aqui ainda e cedo u.u Me perdoem!
E dedicado a Thaysa, Sweet_Nina, Kika, Bruna, Gabi, TiffJacksonValdez, Ana Paula, Manda e Lauren. Espero que gostem e tenham uma boa leitura *-*.



10. A part of the truth and fellings

Cheguei rapidamente na escola, eu quisesse conversar e esclarecer algumas coisas. Pois é, depois que ontem eu li aquela mensagem de Nicholas, li as anteriores também. Mas, mesmo não entendendo muita coisa, deu para pegar algo e entender coisas que... me fizeram ficar mal e bem ao mesmo tempo. Eu sei que eles querem meu bem, mas para que planejarem? Não seria mais fácil chegar e me falar, ser sinceros comigo? FIquei indignada, realmente. 
Caminhei até os armários, sabia que Miley tinha o costume de chegar cedo na escola, só no primeiro e último dia que não gostava. A vi mexendo dentro do seu armário, pegando livros e rapidamente, mexendo no celular. Revirei os olhos, ela devia estar com aquela mesma mania de enviar mensagens à todos desejando "bom dia!", sendo que os veria daqui a pouco. 
Encostei no armário ao lado dela, sorrindo, como se nada tivesse acontecido. Veremos, senhorita Miley.

- Bom dia, Miley! - eu disse animadamente. 
- Hey Sel! - respondeu ainda olhando para o armário. - Quer dizer, oi Selena. Por que está falando comigo? - me perguntou, tentando consertar o que havia me dito. 
- Sabe Miley, você não é muito boa com mentiras. - disse a olhando - Então, faz o favor de não mentir para mim e nem me enganar? Eu sei que uma boa parte da briga que a gente teve ontem foi tudo armação. Menos a parte que a Ashley estava incluida. - sorri falsamente para ela.
- O que? Como você sabe? Quer dizer, não, isso não tem nada a ver, Selena. Está louca? - perguntou olhando para seu armário, percebi seu nervosismo em sua voz. 
- Pare de mentir, Destiny! Que droga, eu sei que vocês planejaram uma briga entre mim e você, sei que fizeram isso para abrir meus olhos. Mas você acha que não seria mais fácil chegar em mim e falar o que acontece? Me contar o que vocês pensavam de mim? Se você queria uma briga de verdade, pronto, conseguiu! Agora, se me der licença, tenho muitas coisas para mim fazer. 

Dei uma olhada em Miley, que estava assustada por tudo que eu disse. Eu sei que falei sem pensar e que eu briguei definitivamente com ela, mas eu não estou em um dos melhores dias, me entendam. 
Me virei e continuei andando para minha sala. Enquanto caminhava, percebi que alguém me seguindo. Virei brevemente minha cabeça e vi que Justin estava atrás de mim, o que ele queria? Eu estava estressada, brava, chata, por tudo que estava acontecendo. O que você sentiria se estivesse no meu lugar? Se você descobrisse que seus amigos fizeram uma briga contra você só para te "abrir os olhos", sendo que você confia neles, não seria bem melhor se eles falassem com você? Então, eu juro que ainda não vi o lado bom disso. 

- O que você quer? - perguntei me virando para ele. 
- Eu te amo, Selena. - ele disse se aproximando de mim - Eu te amo, é isso que você quer ouvir? Eu te amo e nada vai mudar isso. - ele olhou em meus olhos - Eu sei que errei quando não lembrei, mas ah, me perdoa. Eu ainda quero que você continua sendo minha namorada, por favor? 

Aqueles olhos... eu estava hipnotizada. Não sei porque, mas eles me lembravam os de Nicholas. Não viaja, Selena. Mas... aqueles olhos pareciam tão intensos, tão perfeitos, assim como os de Nick no começo da noite passada. 
O meu mundo parou quando senti seus lábios nos meus, porém, parecia que não era a mesma coisa. Fechei meus olhos, na tentativa de esquecer Nicholas, mas parecia que estava piorando. Eu o vi ou é impressão minha? Eu o sentia perto de mim.... Justin usa o mesmo perfume que Nicholas? Pare de ser louca Selena!

- O que foi? - me perguntou quando me afastei dele. 
- Ér.. nada. - respondi rapidamente - Eu preciso ir à aula...
- Tudo bem, me encontra na hora do intervalo e depois, vamos almoçar juntos. - ele mordeu seus lábios e piscou para mim, logo dando as costas e andar. 

Juro que não sei o que estava havendo comigo, por que comecei a pensar em Nicholas enquanto eu estava com Justin? Arght, deve ser só porque eu estou com o celular dele e com uma certa raiva. Revirei os olhos e segui para sala, ainda não acreditando na desculpa de "preciso ir à aula" funcionou. 
Cheguei à sala e ali estava Nicholas e Demetria conversando animadamente. Devem estar falando sobre o tal plano, não é? Fui até eles, parando logo. Eles me viram e logo pararam de falar, começando outro assunto e Nicholas disse 'oi' para mim. 

- Você não sentiu falta de nada, Nicholas? - perguntei o olhando. 
- Hum, acho que não. - respondeu normalmente e calmo até demais. 
- Ah, que pena. - respondi e mexi na minha bolsa, pegando o bendito celular - Acho que ganhei um celular novo, com mensagens sobre um tal... planejamento. - olhei para Demetria e depois para Nicholas, que me olhavam indignados. 
- Você leu minhas mensagens? - Nicholas me perguntou, se levantando. 
- O que você acha?! Eu sei que não devia, mas a curiosidade foi maior. Quando abri uma delas, vi que vocês realmente não são meus amigos. Porque, amigos falariam para mim mudar, me alertariam e não fariam o que vocês fizeram, uma briga só para me tocar. Eu, pelo menos acho isso. - desabafei, deixando com que meus olhos lacrimassem. 
- Selena, olha, a gente fez isso pensando em você, tenta entender... - começou Demetria, a olhei indignada. 
- Vai me dizer que você ficou com Sterling só para mim brigar com você também? - perguntei irritada - Se bem que a gente nem falou ainda sobre isso, mas você sabia que eu ficaria irritada. 
- Não, Selena. Eu não fiquei com Sterling só para continuar com o "plano", mas... - respirou fundo - a gente fez aquilo só para o seu bem, Selena. Entenda. - me pediu. 
- Como quer que eu entenda, Demetria? Olha, eu realmente fico agradecida por estarem preocupados comigo, mas chegar em mim e falar não seria menos complicado? Eu fiquei me sentindo um pouco mal, e odeio quando eu me sinto desse jeito. Gostaria que você ou qualquer uma pessoa desse planeta se sentisse assim?! 
- Calma, Selena.
- Calma Nicholas?! Calma?! Eu não vou ter calma nunca dessa forma, nunca! O que custava vocês falarem para mim, poxa? Agora, se me dá licença, eu vou para lá. - disse indo na direção da minha carteira.
- Para com isso, Selena. Vem cá, nos entende. - Demetria disse puxando meu braço - Para de fugir. Eu não queria que você se magoasse, mas... o que a gente fez foi algo infântil, eu sei, mas será que não pode esquecer? Ou tentar nos entender? 
- Não... - balancei a cabeça negativamente - Sabe o que mais me dói? É que eu achava que vocês eram meus amigos. Eu confio em vocês, mas eu não me sinto preparada ou não gosto de falar sobre isso. Agora me deixem? Por favor. 
- A gente não fez por mal, Sel. - disse Nicholas olhando fixamente em mim - A gente tinha planejado sim alguma coisa, mas o que a Miley disse foi algo que não estava programado. Acredita em nós, por favor. 
- Me deixa pensar, me deixa quieta. Por favor! - pedi. 

Nicholas continuou me olhando e logo depois, saiu junto com Demetria. Aqueles olhos me pedindo para acreditar neles. Ah, droga. Eu sei que tinha mais coisas que não consegui entender, mas eles tinham planejado que Miley iria brigar comigo, fazer com que eu me sentisse mal. Mas acho que quando ela me disse tudo aquilo, era verdade. Porém, ela tinha que me entender, não tinha?
Uma parte do plano, era praticamente, muito infântil. Eu não iria pedir desculpas para ela. No máximo, chegaria e tentaria me explicar, não, esquece isso Selena. 
Logo Miley entrou na sala e se sentou perto de Nicholas e Demetria. Percebi que eles falavam de mim, só pelas vezes que me olhavam. Mas eu não olhava para eles, não mesmo. Apenas... sentia? Ok, isso não tem nada a vê, tira isso da sua cabeça Selena. Eu estou tão idiota hoje. 
A aula começou e não prestei atenção em nada. Quem prestaria se estivesse no meu lugar? Pois é, ninguém prestaria. Estava tão no mundo da lua. E eu não parava de pensar no que eu devia fazer, no que era melhor ou o que poderia acontecer com cada decisão. Já que, como dizem, cada ação tem sua reação, vai saber, não é?! '-'
Sai correndo assim que o sinal para o intervalo tocou. Sei, correr? Para que correr? Talvez seja para não dar de cara com Demetria, Nicholas e Miley. Eu olhava para baixo enquanto caminhava para qualquer lugar naquele colégio. Eu realmente não sabia o que estava sentindo. Se era raiva por eles terem feito o que fizeram, ou alegria por pelo menos uma pessoa no planeta se importar comigo. 

- Auch! - exclamei assim que trombei com uma garota
- Desculpe. - pediu
- Não foi nada. 

A menina me olhava me pedindo desculpas, mesmo eu dizendo que não fora nada, qual o problema dela?! Eu já disse que não foi nada, não precisa ficar insistindo e fazer com que eu fique com raiva dela. Ela usava uma blusa rosa clara com uma menina meiga na frente com detalhes prata, um colete preto, calça jeans e sapatilha preta.

- Meu nome é Selena. - eu disse tentando ser simpática, fazendo-a sorrir. 
- Meu nome é Angel. Quer dizer, é Angelina, mas todos me chama de Angel, pelo meu nome e por algumas pensarem que sou um "anjo". - ela fez gesto de aspas - É um prazer te conhecer. - sorriu amigavelmente. 
- O prazer é todo meu. - sorri de volta
- Selena, você não é aquela popular que todos falam que é chata? - me perguntou
- Deve ser. - dei de ombros - Não estou tão popular agora, mas pouco ligo. E outra, cansei dessa vida de popular, quem sabe não seja melhor eu ser eu mesma. - sorri e ela retribuiu. 
- Nossa, que bom que você pensa assim. Bem, realmente, fiquei com medo quando eu trombei com você, achei que faria a mesma coisa que fez com Demi.
- Conhece Demi? - perguntei curiosa. 
- Sim. Eu estava com ela na biblioteca quando você trombou com ela. Na verdade, estava lá dentro já, a gente só conversa de vez em quando. 
- Hum, é que eu nunca te vi andando com ela. - comentei. 
- Sou vizinha dela, por isso falamos pouco aqui na escola e mais para fora mesmo. - sorriu. 
- Ah tá. - respondi por fim - Bem, Angel não é?! - ela assentiu - A gente se ver por ai. Tchau. - acenei. 
- Tchau Selena, até mais.

Sai dali andando meio que de pressa. Angel parecia ser uma pessoa legal, divertida, mas tímida e medrosa, sei lá. Caminhei até a catina, conseguindo comprar logo um lanche. Parei por um instante quando vi Joe caminhando em minha direção. Não, ele deve estar indo na minha diração, mas não vindo para falar comigo, isso, deve ser isso! 
Virei e comecei a andar para qualquer lugar, mas parei quando senti alguém me puxando, fazendo com que eu me virasse. 

- O que aconteceu Selena? - Joe me perguntou, logo me soltando - É sobre o plano infântil que a gente fez? Desculpe tá legal?! A gente não fez por mal, era só para o seu bem.
- Hum... - disse como se fosse para que ele continuasse. Ele sabia que eu não acreditava que era para o meu bem.
- Sel, olha, é que tipo, eu, Nick, Miley e Demi queremos que você confie na gente. A gente sabe que você não confia em ninguém, dá para ver que você guarda seus sentimentos só para você, será que não tem como você compartilhar isso com a gente? Guardar para você mesma as vezes é ruim, acaba fazendo as coisas escondidas, entende. Pare de sofrer sozinha. 
- Mas eu confiava em você, Joe. - respondi - E para quê falar para todos sobre o que eu sinto sendo que nem você faz isso. Nem ninguém. Claro, tem pessoas que fala para todos os amigos, mas eu não sou desse jeito. Para mim, um amigo que eu possa realmente confiar, estava ótimo. Pois ele valeria por mil. Dá para me entender?
- Ainda confia em mim? - perguntou por fim, receioso. 
- A verdade? Apesar de tudo, sim, confio em você, mas não vai ser a mesma coisa. Porque, eu vou saber que você poderá falar para eles. Eu não quero que eles saibam, entendeu? É minha vida e eu quero cuida-la. E como você disse, eu guardo os meus sentimos para mim e eu prefiro sofrer sozinha do que falar para todo mundo e ter minha vida pública. 
- Eu sei. - ele sorriu de canto - Eu conheço você. Apesar de ser popular, gosta da sua vida privada. Realmente admiro isso em você. - sorri - Me desculpa, Selena. Eu não queria que você ficasse assim com eles, por favor, perdoa-os. 
- Olha Joe, eu vou tentar fazer o que der, porque perdoar as pessoas nem sempre são fáceis.
- Mas você mesma disse que foi algo infântil o que a gente fez. - ele sorriu. 
- Ah, - suspirei irritada - odeio quando tem razão. - resmuguei. 
- Vem cá pequena. - ri dele e o abracei.

Joe sempre tinha o poder de mudar alguma coisa em mim sobre minhas opiniões, ele sabia como ver as coisas na parte positiva. Ele era meu melhor amigo, aquele que eu poderia contar sempre. E, apesar de tudo, eu confiava nele, desde sempre me ouviu e agora não pode ser diferente. Eu preciso me mudar, preciso confiar mais nele, porque sim, tem coisas que ele não sabe que aconteceu. 
O sinal tocou, me despedi dele, falando para que ele me encontrasse na hora do almoço. Fui até meu armário, peguei meu material e segui para a sala. Logo que cheguei, senti olhares sobre mim _leia-se de Demetria, Nicholas e Miley_ e me sentei em meu lugar. 
As duas aulas se passaram e logo já era a hora do almoço. Não tinha passado tão rápido assim, já que fiquei de cabeça baixada as aulas inteiras e só levantada quando era preciso. Assim que encontrei Joe no pátio, ele disse que Justin queria falar comigo e eu sabia sobre o que. 

- Depois te conto, Joe. - falei - Eu prometo, só vou ver e já volto. 
- Hum, quero ver. Seja lá o que for, quero que sabia que eu estou aqui, hein. - ele riu e eu o acompanhei. 
- Não é nada disso. Para falar a verdade, acho que é ao contrário. 
- Perai, vocês vão casar? - perguntou rindo. 
- Lógico que não! - exclamei rindo - A gente não estava naqueles dias bons, e praticamente terminados, mas hoje o encontrei no começo da aula, e bem... a gente se beijou e acho que vamos voltar. - sorri. 
- Hum, ah tá. Mas seja lá o que for, siga seu coração, ok? - assenti - Então, vai logo que seu futuro namorado está te esperando. E eu também preciso ver a minha. - ele piscou e logo saiu. 

Sorri, Joe me entendia melhor que ninguém. Ah, eu o amo, realmente. Deixei esses pensamentos para o lado e caminhei até um canto da escola que eu sabia que Justin estaria ali. Se bem que, eu não tinha pensado se eu queria ou não voltar com Justin, mas acho que sim. Passei a manhã inteira pensando nos meus... amigos, e bem, deixa de lado agora Selena. 
Vi Justin sentado no chão mesmo, olhando para o mesmo, pensador. Era estranho ve-lo daquele jeito, ele era sempre tão animado, tão feliz. Parecia triste. Me sentei ao seu lado, e o abracei. Tinha alguma coisa errada com ele, dava para ver. Ficamos alguns segundos assim e o encarei, percebendo a tristeza e agônia em seus olhos. 

- O que foi Justin? - perguntei preocupada. 
- Acabei de receber uma notícia da diretora. - respondeu e me olhou nos olhos - Minha mãe está no hospital, Selena. No hospital. - repitiu. 

Como assim? A mãe do Justin e da Demetria está no hospital? Por que? O que havia acontecido? Eu queria muito saber, porém naquele momento não era necessário. Apenas abracei novamente Justin, sentindo ele chorar em meus ombros. Pensei em como Demetria devia ter reagido à essa notícia. Devia ser da mesma forma que Justin. Mesmo que Demetria não more com a mãe, com certeza deve sentir falta e agora, sabendo que a mãe está no hospital é horrível. 

- Justin? - chamou uma voz rouca. 
- Demi... - falou Justin soltando do meu abraço. 
- A diretora liberou a gente, vamos?!
- Eu vou no meu carro e você vai no seu. - Justin disse, e aquilo não fora uma pergunta. 
- Você não pode me dar uma carona? - perguntou Demetria 
- Vamos logo, então. 

Justin me deu um selinho e se levantou, seguindo na direção da secretaria. Demetria estava indo atrás, mas a chamei. Ver ela com os olhos vermelhos de tanto chorar me doeu. Apesar de tudo, ela estava quando eu precisei e quando Jasmille me ameaçou, o que ainda não sei como acabou tudo aquilo. Ela se virou para mim, com uma certa raiva. Eu não disse nada, apenas a abracei, lhe transmitindo segurança, confiança e fé de que sua mãe melhoraria. 

- Vai dar tudo certo, Demi... Sei que vai. - ela me abraçou com mais força e senti que ela chorava em meu ombro, assim como Justin. - Sua mãe é forte o bastante, Demi. 
- Obrigada. - ela respondeu e separou do abraço. 

Sorri e ela me retribuiu, e logo saiu correndo em direção ao Justin. Queria tanto ir atrás para ajuda-los, mas pena que não dava. Mas logo que acabasse a aula, eu iria ao hospital. Eu precisava ve-los e dar uma força, sei disso. 
Caminhei um pouco pelo pátio do colégio. Só parei quando Miley trombou em mim, não de propósito, sei disso. Ela, com o jeito toda atrapalhada, a conheço bem, sei disso, ficou pedindo desculpas, mas quando viu que era eu, parou. 

- Miley, - comecei - eu sei que a gente está meio assim, mas queria saber se você vai depois no hospital. - perguntei, eu precisava de carona, qual é. 
- Hospital? Fazer o que no hospital? - me perguntou curiosa - Vai dizer que você vai fazer algum exame? - me perguntou curiosa, ri dela. 
- Não, é que... Espera ai, Demi não te disse? 
- Disse o que criatura? Eu estava com Nick até agora pouco, que foi conversar com Joe agora. E eu estava mesmo procurando Demi, cadê ela?
- Então, a mãe dela está no hospital, por isso que eu estava te perguntando do hospital. 
- O que? A mãe da Demi? Como você sabe? O que? - perguntou novamente para mim
- Para com isso, Miley, eu... 
- Selena! Finalmente te encontrei. - disse Joe ofegante, me interrompendo - Soube o que houve com a mãe da Demi? - assenti. 
- Justin me contou. - completei. 
- Vamos no hospital? - me perguntou - Demi precisa da gente numa hora dessas. 
- Eu sei que precisa, mas como vamos sair daqui? E outra, ainda temos 5 aulas, não podemos perder... ou podemos? - perguntei meio confusa. 
- Esqueceu que a diretora é nossa tia, Selena? - perguntou Nicholas meio arrogante. 
- Desculpe senhor eu tenho que saber de tudo. - respondi o olhando, fazendo-o revirar os olhos - Eu esqueci, não preciso saber de tudo toda hora, não é? - falei como se fosse óbvio. 
- Calma, Selena. - pediu Joe - Eu sei que tanto você quanto Nick estão preocupados com Demi, mas ficar discutindo aqui e agora não vai adiantar muita coisa. Vamos?
- Você precisa ainda falar com a sua tia, não precisa? - perguntou Miley para Joe, que assentiu - Vamos logo lá, daqui a pouco bate o sinal e ela vai embora. 
- Vamos! - dissemos em coro. 

Fomos até a diretoria, onde Joe sozinho, enquanto eu, Miley e Nick ficamos esperando do lado de fora. Eu estava sentada em uma das poltronas que tinha, enquanto Miley e Nick estavam em um sofá de dois lugares, segurando a mão um do outro, como namorados mesmo. Juro que naquele momento eu queria um namorado para mim, como sinto falta disso. Olhei para frente e fiquei pensando em Justin, como ele devia estar agora? Será que ele e Demetria vão se dar bem novamente? 
De repente, pensei em Nicholas, que diabos é isso? Por que voltar a pensar nele? Eu não sou nada dele, apenas amiga e fico pensando naqueles olhos castanhos tão lindo pedindo perdão. Ah, para com isso Selena. 

- O que tanto pensa? - me perguntou Miley, fazendo com que eu despertasse meus pensamentos. 
- Nada... Miley. - a chamei - Me perdoa, tá? - pedi - Você também Nick. Eu sei que só querem meu bem e querem com que eu confie em vocês, mas... não é que é dificil, mas é que falta eu confiar em mim mesma para que eu consiga fazer isso... Como Joe disse para mim, eu guardo meus sentimentos para mim e prefiro sofrer sozinha. 
- Tudo bem Selena. - começou Miley sorrindo para mim - Eu sei como é, eu também era assim quando mais nova, lembra? - assenti - E foi graças à meus amigos que eu consigui confiar novamente e me sentir melhor. E eu só quero seu bem, Sel. E confiar nos amigos não é ter a vida pública, só que você precisa saber em quem confiar. - ela sorriu
- A Miley disse tudo, Selena. A gente está se conhecendo agora, mas quando você ia em casa para conversar com Joe, eu via que você era diferente da que é na escola. Então, seja você mesma aqui também. - ele sorriu e retribui. 
- Me perdoem! - foi o que eu consegui antes de lágrimas saírem e eles me abraçarem. 

~

Previas dos Proximos Capitulos


- Ih, então vai ficar querendo. - começou Miley - Eu não sei a onde ele esta e mesmo que eu soubesse, não te diria. - retribuiu o sorriso cínico. 
- E, de certo, você é alguma coisa do Justin. - deu outro sorriso cínico, que ódio dessa garota - Então Selena, sabe onde seu namoradinho está? 
- Não, e como Miley disse, mesmo que eu soubesse não te diria. Seria uma perda de tempo te dizer alguma coisa sobre meu namorado. Afinal, ele é meu e não seu. - sorri cínicamente para ela. 
- Pelo jeito você não sabe cuidar bem do seu namorado, hein?! - disse debochadamente 

(...)

Convidados da Mandy? Pensei comigo enquanto caminhava até a porta. Era difícil quando ela convidava alguém, e quando convidava, ela mesma fazia a janta. Segundo ela, dava mais vontade de fazer, do que quando a gente estava só em família, pelos simples fato de que a gente não elogia a comida dela. Não que seja ruim, muito pelo contrário, é muito boa, mas por a gente ser família, esquecemos. 
Abri a porta e gelei.

(...)

- Joe? O que foi? - perguntei. 
- Oi, né Joe?! - disse Demetria, se sentindo ignorada _eu acho_
- Oi Demetria. - respondeu seco - Selena, por favor, me ajuda. - pedi, parecia que estava com lágrimas nos olhos. 
- O que foi?! - perguntei novamente, irritada pela demora. 
- Podemos falar a sós? - disse Joseph olhando diretamente para Demetria, que se encolheu. 

(...)


Você é uma idiota, Selena _disse à minha mesma. Subi para meu quarto e taquei minha bolsa em qualquer lugar, mais tarde ou amanhã procuraria. Sentei em minha cama, peguei meu celular e vi que tinha mensagens. Vamos lá ver. 
"Cuide bem do meu namorado, hein Selena. kkkkk, brincadeira. Fique bem. Xoxo, Smiley"

~

Gostaram? Espero que sim ^.^
O tal planejamento foi infantil um pouco, pensei em mudar e tals, mas acho que tiraria algo, nao sei, talvez o motivo de eles fazerem isso, porque, eu acho, so acho, que a desculpa de "nos so queremos seu bem" nao deu tanto certo, nao e?! o.o kkkkk
Pessoas lindas, visitam esse blog? Jemi - Volta Para Mim . Vale a pena, serio, vamos, visitem! *-* 
Estou vendo o que fazer de Natal/Ano Novo. Talvez uma fic "one short" ou mini fic, nao sei, vamos ver o que sai u.u 
Coments respondidos aqui.

Obrigada por tudo, voces sao especiais para mim, nunca esquecam. Xoxo

10 comentários:

  1. AHHHHHHHH TÁ TÃO PERFEITO
    AMEI DEMAISSSSSSS
    POSTA LOGOOOOOOOO
    Pera:
    FUO A PRIMEIRA YUPY
    Posta logo
    Bjs friend

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwn, obrigada Kikaa, fico feliz *-* kkkkkkkkkk, vou tentar postar o mais rapido possivel (;. Yupiiiiii *----------*, first (yn) kkkkk. Espero que goste o proximo hehe. Obrigada por tudo, friend. Xoxo

      Excluir
  2. Own Faanyh, obrigada por dedicar o cap pra mim
    foi muito fofo da sua parte :3
    fiquei emocionada (':
    vai demorar muito pra ter um especial nelena?
    to curiosaa
    posta looogo linda
    beijocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que isso, Lauren, imagina, voce comentou, alem de ir ate o twitter e falar comigo. Isso foi legal, obrigada mesmo. E nao precisa agradecer, so eu que preciso te agradecer u.u KKKKK, vai demorar um pouco, mais do que Jemi. Mas vai ter partes fofas.. eu acho u.u KKKK, espero matar um pouco dess curiosidade com o proximo capitulo, acho que nao vou demorar muito e espero que goste. Obrigada por tudo, xoxo

      Excluir
  3. Divulga? http://umalovaticparasempre.blogspot.com.br/ Obg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Divulgo no proximo post, pode ser? kkk. Obrigada por tudo, xoxo

      Excluir
  4. ownnnnnnnn , lindo ... a selena com raiva me dá medo kkk ainda bem que ela está de bem com todos de novo ... e isso da mãe da demi e do justin ?? nossa , eles vão ficar de bem de novo ?? kkk

    bom , amore tem selinho para vc !!!

    http://jemilovely.blogspot.com.br/2012/12/divulgacao-selinho.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwn, obrigada, fico feliz *-*. KKKKKKKKKKKK, um pouco u.u kkk. Ainda bem mesmo, ne. E chato ve-la brigada :/. Huum, vamos ver nos proximos capitulos, mas o que tenho para te dizer que pode ficar um pouco aliviada (:. Awwn, obrigada *--------*, serio, muito obrigada mesmo *-*, fiquei feliz u.u *-*. Obrigada por tudo, xoxo

      Excluir
  5. Linda, to louca que a Sel fique com Nick.
    Posta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKK, vai demorar um pouco, talvez mais que Jemi :/ mas vai ter partes fofas deles juntos... eu acho u.u Nao vou demorar muito para postar e espero que goste. Xoxo

      Excluir

Did you like? I hope so. Tell me what you think about it. I will be happy *-*
Thanks, xoxo.