domingo, 12 de janeiro de 2014

TWC 2 :: chapter 3.

Hey gente, tudo bem com vocês? Espero que sim ^.^ Ah, o capítulo não está para lá muito bom, na verdade, não gostei tanto dele, mas prometo capítulos melhores e mais legais. O que eu escrevi esses dias, eu acho que vocês vão surtar *-*. Enfim, tenham uma boa leitura e espero que gostem!

Ed, seu lindo <3
three, this hurts a lot

DEMI POV.
   Ainda bem, faltava pouco para chegar em casa. Tom dirigia animado, o que era estranho. Nem decidi perguntar, estava focando demais no tempo. Parecia que choveria logo, o que seria bom. Gostava de ficar deitada em minha cama, ouvindo a chuva e me concentrando em alguma música. Achava incrível como as notas saíam nesses tempos. Me animei, me imaginando compondo.
   Paramos em frente da minha casa, onde descemos do carro e seguimos para dentro de casa. Assim que abri a porta, senti o cheiro de molho vermelho. Senti minha barriga fazendo um buraco, sei lá, era fome e disso eu sabia. Sorri quando vi meu pai se aproximando de mim e Tom, e me abraçando.
   _Como foi o dia? - ele me perguntou e me joguei no sofá.
   _Foi bom. - comentei - Acho que vou tomar banho antes de jantar.
   _Vai lá. - ele sorriu.
   Subi as escadas correndo, a vontade de tomar banho rápido e ir jantar era grande demais. Abri a porta de meu quarto e entrei. Levei um susto assim que vi um ser sentado ali, na minha cama, me olhando curiosa. Ela riu, pelo meu susto. Revirei meus olhos, indo ao closet para pegar uma roupa simples, ela me seguiu.
   _Preciso falar com você. - Selena comentou, enquanto eu escolhia algum pijama.
   _Pode falar.
   _É com você e Tom. - ela fez uma careta e percebi que aquela conversa não seria nada agradável.
   _Já decidiu o que vai fazer para se tornar minha empresária? - perguntei, sorrindo, tentando tirar aquela tensão que ela tinha em seus olhos. Porém, eles pareciam ter ficado mais desesperados.
   _Na verdade, é sobre isso que eu tenho para falar. Podemos falar logo?
   _Posso só tomar banho e jantar? - fiz bico, como eu estava com fome e não sei se era urgente o que ela tinha para me dizer.
   _Acho que não... Podemos falar depois do seu banho? - mordi meu lábio. Era urgente.
   _Okay, espera ai. - entrei no banheiro.
   Fechei a porta atrás de meu corpo e então, logo entrei debaixo do chuveiro, sentindo a água descer quente sobre minha pele. Parecia que estava queimando, mas de certa forma, eu estava me sentindo melhor. Droga, o que a Selena tinha para me dizer? Eu estava preocupada, só pelo olhar dela dava para ver o quão grave parecia, mas eu estava com fome, por isso que queria que fosse depois. Fazia o que... desde de manhã que não comia. Tinha decidido não almoçar pela quantidade de trabalho que eu queria terminar logo e não estava com tanta fome como estou agora.
   Coloquei uma calça de moletom preta e uma blusa da mesma cor comprida. Estava bom daquela forma. Sai do banheiro, enxugando meu cabelo e logo o prendendo junto à toalha. Selena estava sentada na minha cama, olhando para a janela, da mesma forma que eu a tinha encontrado quando entrei no quarto.
   _Pode falar.
   _Tom. - assenti e fui para fora do quarto.
   Desci as escadas correndo, parando de frente à Tom e puxando seu braço rapidamente. Ouvi meu pai falar algo para mim, mas não dei a mínima de atenção. Sei que ele brigaria comigo depois, mas no momento era preciso de ser mais rápido possível. Tom foi falando algumas coisas até entrarmos no meu quarto, onde Selena estava em pé, andando de um lado para o outro.
   _Querem me falar o que houve?
   _Selena tem algo para falar conosco. - respondi, e ele assentiu, a olhando.
   _Não sei se vocês iam ou não aceitar o convite do programa da Ellen, então... eles ligaram e perguntaram, e...
   _Você recusou, não é? - Tom perguntou, parecia nervoso e Selena estava mais ainda. - Não acredito, você aceitou!
   _Irei ao programa da Ellen, então? - perguntei - Era isso? Algo tão simples para tanto drama.
   _É que você não sabe quem irão também. - olhei para Tom, enquanto ele parecia ter um sorriso sarcástico na cara - Conhece os Jonas Brothers, Demetria? Pois é, são eles.
   Mordi meu lábio, não, não podia ser! Senti o desespero querer me atingir, mas tentei ficar calma. Respirei fundo algumas vezes e vi Tom me olhar ainda com um sorriso sarcástico no rosto. Isso estava me irritando. Ele mesmo sabia o que tinha acontecido, aliás, ele estava ali quando isso aconteceu e sabe muito bem como dói ainda, e ainda continua com o sorriso irritante no meio daquele rosto de retardado! Droga, droga.
   "_Não exatamente. - ela me olhou - Você o ignorou, porque queria que ele viesse até você e falasse com você. Mesmo que o orgulho fale as vezes mais alto, você precisa o olhar e falar, eu o perdoei. Você precisa sentir. Se não o perdoar e nem se perdoar, não vai conseguir seguir em frente. "
   A voz a Mrs Lewrence tocava em minha mente, como se fosse um tipo de ajuda para encarar aquilo. Sei que ali, talvez, seria uma oportunidade de perdoá-lo, de me perdoar por ser tão idiota e tentar não ligar mais para o passado. Talvez fosse uma chance se seguir em frente, como ela disse.
   Sorri para Tom, da melhor forma possível, logo erguendo uma das minhas sobrancelhas. Ele pareceu entender que eu iria aquele programa de TV, faria o que fosse possível para os meus fãs e à mim mesma.
   _Ótimo, são os Jonas, então teremos uma entrevista juntos. Tom, peça para a estilista vir e me ajudar a encontrar algo bom no meu closet, por favor.
   _O quê? Não vai ficar brava comigo por ter aceitado? - Selena perguntou e eu sorri para ela.
   _Vai ser bom. Não nos falamos por um tempo e agora, talvez, seja o momento certo para conversarmos e tentarmos ser amigáveis, pelo menos na frente da mídia.
   _Mas semana passada mesmo você os ignorou! - Selena retrucou, ainda não acreditando no que eu estava falando.
   _O que a senhorita Lewrence te disse? - Tom me perguntou e encarei seus olhos, ah, como ele me conhecia tão bem.
   _Senhorita Lewrence? Quem é ela?
   _Eu preciso perdoá-los, Tom. Preciso esquecer o que aconteceu no passado para seguir em frente. Me deixe fazer isso, por favor.
   _Irei deixar, afinal, é sua vida, mas tome cuidado. - ele me alertou, e sorri.
   _Irei.
   _Agora, Selena. - Tom virou para ela - Essa também será sua oportunidade de mostrar que pode ser empresária de Demi. Então, como foi você quem aceitou, irá ajudar e organizar tudo, certinho. E se você for bem, você já entra. Caso não, acabará sua oportunidade.
   _Tentarei o máximo. - ela disse.
   _Vou jantar, vamos? - assentimos.

   Tenho tantas coisas para fazer ainda, e estava ali, sentada em um banco no meio de uma praça. Estava de óculos escuros e peruca loura. Só Tom mesmo para me fazer usar essa peruca. Não gostava de mentir assim para os meus fãs, mas era preciso. Meu celular tinha uma mensagem de Tom me avisando que logo chegaria. Abri a minha agenda "virtual", onde tinha os meus compromissos. Tom tinha colocado para que eu pudesse ter acesso à tudo que faria.
   No dia seguinte, eu teria aquela entrevista no programa da Ellen junto com os Jonas. Revirei os meus olhos. Conforme se aproximava do dia, mais nervosa eu me sentia. Eu ainda não acreditava que eu tinha encarado tão bem... mas agora eu estava desesperada, com medo.
   _Chegamos. - disse Tom, andando junto com o homem moreno que era um pouco mais novo que meu pai.
   Levantei e os cumprimentei. Voltei a me sentar a onde estava, logo Tom se sentando ao meu lado e Nathan ao lado dele. O olhei, esperando que falasse.
   _Como ela está? - Nathan finalmente perguntou, e vi um brilho em seus olhos. Era sempre assim.
   _Ela está bem. - respondi, sorrindo. - Quer ver uma foto? - perguntei, e ele assentiu.
   Peguei meu celular, procurando pela foto. Assim que achei, lhe mostrei e continuei vendo o brilho em seus olhos. Ele me encarou e percebi o quanto estava emocionado. E olha que era apenas uma foto.
   _Parece com a mãe.

Selena POV.
   Procurava pelo shopping algo com que Demi ficaria bom. Como a estilista dela estava cuidando da filha da irmã, eu lhe perguntei se queria que eu fosse. Bom, o resultado era que eu estava no shopping, sozinha, procurando por qualquer coisa. Eu não era muito fã de moda, sempre me vesti do jeito que queria e como me sentia confortável. Acontece que agora era um programa de TV e não podia deixa-la vestir qualquer coisa.
   Parei em uma loja assim que vi uma loira me encarando. Depois de uns minutos, consegui racionar quem era. Seu rosto era mais que familiar. Sorri e a vi correndo em minha direção, abrindo os braços para um abraço apertado. Senti meus olhos lacrimarem, como havia sentido sua falta.
   _Não sabia que você tinha voltado, menina. - sua doce voz me fez a olhar e sorrir
   _Desculpe por não ter avisado.
   _Isso te custará um final de semana inteiro comigo, rum! - eu ri e a abracei novamente, forte.
   _Senti tanta sua falta, Miley.
   _Eu também, Sel. - separamos do abraço - Então, quem é o namorado da vez? - eu tive que rir alto dessa vez.
   _Como se eu tivesse um namorado. - a vi fazer bico - E você, namorando?
   _Noiva. - me mostrou seu anel de noivado, sorri para ela.
   _Awn, fico feliz por isso. Que vocês sejam muitos felizes. Mas quem é?
   _Obrigada. É Liam, o homem que protagonizou comigo em "The Last Song".
   _Ah sim. - sorri - Vocês devem ser um casal fofo. - comentei e a vi ficar vermelha.
   _Ele me faz bem, sabe? - assenti, sorrindo por ela - Mas, o que faz no shopping à essa hora e sozinha?
   _Estou resolvendo umas coisas para Demi e para mim, digamos assim. Preciso arranjar uma roupa para ela, já que a estilista dela está ocupada com a sobrinha. Só não estou achando nada.
   _O que acha de eu te ajudar e você vai me contando como foi em Londres? - sorri.
   _Vamos logo. - disse, puxando seu braço para qualquer loja.
   Entramos em uma onde tinha lindas roupas, mas segundo Miley, nenhuma era apropriada para o momento. Eu a havia contado para que fim seria e o por quê de eu estar fazendo aquilo. Também lhe falava sobre a faculdade, Londres e David. Não tomamos no assunto Jonas, talvez nem ela estava conversando mais com eles. Era triste ver como a amizade tinha morrido, mas não podíamos fazer nada, eu não via a solução. Mas, iria ver o que acontecia no dia seguinte, no programa. De certo modo, eu estava com medo dos resultados e das consequências.
   Fomos numa outra loja ao lado, onde havíamos achado a roupa perfeita, como Miley tinha dito. Ela me contou como tinha sido esses quatro anos que não conversamos pessoalmente e como o seu noivo era. Ela estava apaixonada demais, dava para ver em seus olhos. Paguei a roupa com o cartão que Demi havia me emprestado e seguimos para uma lanchonete no shopping. Pedimos algo para comer, enquanto sentávamos em uma das mesas. Tivemos que parar algumas vezes por ter fãs de Miley por lá. Estava sendo divertido o dia com ela.

   Vi Demi olhando sua roupa no espelho de seu camarim no programa. Ela estava pensativa, usava um vestido branco com uma jaqueta jeans por cima e claro, seu salto preto. Pensei em falar algo, mas decidi que não, ela devia estar preocupada com o que iria acontecer. Suspirei, sentada ao lado de Tom em uma das cadeira que ali tinha.
   _Senhorita Lovato. - um homem de termo apareceu na porta, dando um sorriso para nós - Gravaremos em cinco minutos.
   _Já estamos indo. - ela respondeu, dando melhor sorriso que podia - Obrigada.
   Assim que ele fechou a porta, Demi voltou ao espelho, sentando-se em sua cadeira, dando um retoque em sua maquiagem. Dei um sorriso e levantei de onde estava indo ao seu lado. Peguei uma de suas maquiagens e retoquei a minha, dando uma risadinha. Eu queria tranquilizá-la, afinal, ela não queria estar ali, e muito menos eu.
   Saímos do camarim e fomos para onde tinha uma passagem para o programa, o onde estava sendo gravado. Ellen estava falando com os Jonas, primeiramente. Me encostei em uma das paredes e dava para vê-los. Senti saudades, apenas isso. Quando tudo era motivação para sair, rir e conversas. Não que agora não tinha, mas era bem pouco. Não podia mentir de que com o afastamento, eu havia aprendido mais sobre amizade e eu havia me amadurecido _ou me sentia_. A faculdade havia me ensinado bastante coisa, as pessoas ali me fizeram sentir bem. Não me arrependo de tê-la escolhido.
   _Selena, vem sentar aqui - Demi exclamou, despertando meus pensamentos. Assenti e sentei ao seu lado enquanto esperávamos sua entrada.
   Desejei que precisasse esperar por longo tempo, porém vi Joseph aparecendo pela passagem minutos depois. Logo atrás dele, Nicholas estava caminhando ao lado de Kevin, onde pareciam conversar. Desviei meu olhar para não parecer tão besta em ficar os olhando, como se eles me devessem algo. E isso era real, me deviam uma explicação descente. Jonas não, apenas Nicholas.
   Levantei quando percebi que Joseph me cumprimentava. Ele beijou minha bochecha e logo seguiu para Demi. Nicholas foi o próximo, porém eu percebi o quão ele estava tenso. Quando nos vimos pela primeira vez não fora correto, porém eu sabia que aquele clima não sairia tão cedo. Kevin me deu um sorriso tão meigo e logo beijou minha bochecha, seguindo para o lado de Demi. Um senhor de terno sério estendeu a mão e o cumprimentei.
   _Senhorita Lovato, pode seguir pela passagem, já irão te chamar. - Demi assentiu e vi Tom me chamar para ir junto.
   Graças, não teria que ficar naquele lugar junto com eles. Poderia estar sendo infantil ou coisa do tipo, mas a única coisa que queria era evitar qualquer tipo de contato. Menos com Kevin, pois ele tinha sido legal comigo com o sorriso, porém, ele também tinha certa culpa.
   Demi logo foi para onde o público a aplaudia. Sorri enquanto Tom se sentou em um dos bancos e me sentei ao seu lado.
   _Preste a atenção, Selena. - alertou-me - Não deixe aparecer que você é novata, apenas haja como se soubesse fazer.
   _Tudo bem.
   _Não, você não está fazendo isso certo. - senti algo em meu peito, parecia abrir um buraco - Se continuar assim, você não passará tão cedo. - engoli seco.
   _Já pedi desculpas sobre esse programa. Eu sei que não devia ter aceito, devia ter ouvido, mas é que eu vi minha oportunidade.
   _Mas não viu a de Demi. - mordi meu lábio, olhando para o lado - Depois desse programa, eles terão que fazer uma campanha juntos. Ela irá fazer a mesma pergunta que fez para os Jonas Brothers. Não vai ter como Demi falar não.
   _Me perdoa, não sabia que isso aconteceria. - suspirei, sincera - Pensarei melhor, juro que farei tudo certo. Pensarei em Demi.
   _Apenas haja, de agora em diante, mais profissionalmente. - aquilo estava me atingindo de certa forma que não conseguia mais ficar ali, ao lado dele.
   _Me dê licença, preciso ir ao banheiro.
   _Você não vai. - parei, virando e encarando-o - Ficará aqui, esperando Demi sair. E assim que ela sair, teremos uma reunião com os produtores do programa. Sente-se novamente. - suspirei e voltei para onde estava.
   Doía, apenas doía. Parecia que foi como se esses anos de faculdade não tivesse tido algum efeito em meu conhecimento, como se eu não me dedicasse para tal. Mas eu tinha me dedicado como nunca antes e para isso, eu teria que prová-lo, eu sentia essa necessidade. Tom entendia sobre isso melhor do que eu, ele tinha talento. E eu o mostraria que ele não é o único.
   Demi demorou para sair do palco, vermelha e pude ver sua irritação. Eu tinha provocado tudo aquilo a partir do momento em que aceitei a proposta do programa. Eu estava arrependida demais, como gostaria de voltar e mudar aquilo. Mas não dava, eu teria que aprender com isso.
   Saímos da passagem e seguimos para o camarim, onde Demi retocaria a maquiagem e logo iríamos ver sobre a campanha. Fui ao banheiro, como queria aquela hora, mas apenas passei água em meu rosto, sentindo o desespero ir embora, ou parte dele. Me encarei no espelho, onde via minha maquiagem sendo tirada. Peguei o produto na pia e um algodão e comecei a tirá-la de vez. Dei um sorriso de canto, estava bom daquela forma. Me encostei na pia, olhando minhas mãos. A vontade de desistir era tão grande, tão grande, que parecia que minha vontade de seguir o que sempre quis estava caindo sobre minhas mãos e eu não conseguia segurá-las.
   _Selena, está na hora de ir. - a voz calma de Demi me fez fechar os olhos e tentar não chorar.
   _Já estou indo.
   Passei água novamente em meu rosto e abri a porta do banheiro. Demi e Tom estavam fora do camarim e então, seguimos para uma sala de reuniões. Joseph, Nicholas, Kevin e seu empresário estavam em um lado da mesa, enquanto na ponta encontrava-se o produtor do programa e no outro, a própria Ellen. Demi se sentou em um canto, de frente ao empresário dos Jonas, Tom ao seu lado e logo ao seu lado, eu sentei. Outros homens começaram a se sentar também.
   _Acho que todos já sabem do motivo dessa reunião. - começou o homem em um lado da ponta. Todos assentiram - Seja bem-vida, senhorita Lovato e sua companhia e senhores Jonas e seu empresário - revirei os olhos, "sua companhia" era para acabar, lembro-me de quando meu professor falou sobre esse costume que algumas pessoas tinham. - Vamos direto ao ponto. A campanha se chamará, Makes Your Dreams. Aqui está os papéis explicando certinho. - ele nos entregou o tal papel.
   Segurei meu papel e percebi Tom analisar. O homem falava como iria funcionar e eu não estava prestando muita atenção, apenas lia o papel. Parecia interessante e divertido. A finalidade era fazer com que algumas pessoas realizem seus sonhos. No caso, Demi ajudaria eles a correrem atrás, entre outras ajudas também. Parecia uma motivação. Funcionaria com pequenos vídeos postados na TV ou internet e depois, pessoas mandariam vídeos ou mensagem falando sobre seu sonho e o motivo pelo qual os queria. Os artistas que estariam participando dessa campanha os ajudaria no que preciso.
   Tom discutiu um pouco sobre o assunto. Ele questionava, ele mostrava interessado e principalmente, simpatia. Meus professores sempre falavam que tínhamos que ser pessoas educadas e então, os outros nos ouviriam. Nós tínhamos meio que uma aula de sociologia, para interagir com pessoas e não era tão chata como na escola era.
   Demi assinou o contrato, logo os Jonas também. Saímos da sala assim que já estava tudo resolvido. Eu não tinha abrido a boca para falar nada e sabia que isso viria uma bronca de Tom, mais tarde. Fomos ao camarim, onde Demi pegava suas coisas.
   _Selena passou, Tom? - Demi perguntou e me senti nervosa, muito nervosa para falar a verdade.
   _Não. - ele foi curto, apenas tinha dito isso e novamente, senti meu coração com vários buracos.
   _Por quê? - Demi pareceu confusa, apenas baixei minha cabeça e me sentei em um dos bancos. Estava envergonhada, eu tinha falhado.
   _Porque ela não se mostrou interessada no assunto e muito menos, em como ser uma boa empresária. Ela precisa parar de ser tímida, tem que agir.
   _Ela agirá. - Demi disse, se aproximando dele - Ela fará melhor, eu tenho certeza. Só lhe dá mais uma chance.
   _Veremos. - ele apenas disso. Suspirei, não tinha entendido muita coisa, mas algo dentro de mim, me alertava que não era nada bom.
   Me deseje sorte na próxima.


~

I Hear Your Voice (kdrama) <3 Terminei ele agora pouco :3 Perfeito, quem quiser conferir u_u

Gostaram? Mesmo que eu não tenha gostado muito, eu espero que vocês sim u_u :)
Obrigada pelos comentários, <3. Cara, sério, fiquei muito feliz mesmo. Continuem assim, por favor *-*. Respondi eles, aqui.
Acho que é isso. Até semana que vem, seus lindos!


Obrigada por tudo, amo amo amo vocês <3

6 comentários:

  1. ai tadinha da sel, o tom começou por baixo tbm, ta reclamando d q? u.u

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. dklalkdakmd, concordo contigo, mas vamos esperar para ver, né :3 obrigada por tudo, xoxo.

      Excluir
  2. Tadinha da Selly :'-(
    Posta mais Friend, olha depois quando vires o filme Pitch Perfect diz o que achaste.
    Eu já vi para aí umas 6 vezes tou viciada eu posso dar-te o Lino mas tá a inglês sem legendas...
    Xoxo depois diz se queres o link ou não

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... ://. Postarei acho que hoje (domingo) ou amanhã, espero que goste. Pode deixar ;). Nossa o.o dmakldmklad, isso é vicio mesmo, hum u_u na verdade, gostar tbm hehe. Eu quero o link sim, se puder me passar :D. Tem pra baixar ou assistir online? :). Obrigada por tudo, xoxo.

      Excluir
  3. Respostas
    1. Heey, postarei hoje (domingo) ou amanhã, espero que goste :). mdalkdmklad, eu tbm gostaria, mas é que, na verdade, estou com um pouco de preguiça. Estou meio qe trabalhando no meio de semana e a noite assisto séries/doramas :). Mas tentarei nesse fim de férias. Obrigada por tudo, xoxo.

      Excluir

Did you like? I hope so. Tell me what you think about it. I will be happy *-*
Thanks, xoxo.