domingo, 6 de janeiro de 2013

TWC :: chapter 14

Heey, gente, tudo bem com voces? Espero que sim ^.^
Mais um capitulo, e nao esquecam que no comeco, tem a parte que postei um tempo atras. 
E dedicado a Kika, Juh Lovato, Luuh, Thaay, Gaabi, Sunny, Zaira, Bruna, Nathalia. 



14. confused, damn!

Justin parecia ser tudo que eu queria, parecia ser tudo que eu precisava, mas ao mesmo tempo eu não conseguia passar muito tempo com ele. Talvez fosse por sempre ter sido assim, mas ele sabia que eu queria um namorado que fosse presente. Se Miley tivesse me perguntado dias atrás, eu saberia dizer com muita clareza que sim, ele era tudo que eu queria e que eu amava. Só que ultimamente eu estava estranha, estava sentindo coisas estranhas e sabia que era pelo Nicholas. Confusa, muito confusa. 
Se eu parasse para pensar como estou fazendo, tudo ficava mais claro. Porém, não era do jeito que eu queria que eu pensasse. Porque eu não queria sentir nada pelo Nicholas pela Miley, que o ama de verdade, dá para ver nos olhos. Mas o coração é tão estúpido que faz a gente gostar de pessoas que não podemos, que não queriamos nunca gostar. E as pessoas também não colaboram por sempre fazermos nos sentir diferente, como por um só sorriso, por um só riso ou uma aproximação, ou os roncos no estômago. 
Agora, eu não sabia o que responder. Miley me encarava aguardando minha resposta e se eu ficasse quieta demais ela reparia que não sentia nada pelo Justin, o que era totalmente mentira, pois eu sentia sim alguma coisa. E o que me restava, era ser sincera com ela por um ponto. 

- Eu sinto sim, algo real pelo Justin, Miley - respondi a olhando nos olhos - Ele me faz muito bem, por um momento a única. - disse por uma parte sendo real - Só que ultimamente estou em dúvidas, Miley. - confessei - Eu não sei o que há comigo. 
- Você sente arrepios quando a pessoa nos toca, não é? Borboletas em seu estômago e coração acelerando quando próximo? - me perguntou
- Referente à quem você está dizendo? - perguntei num tanto confusa. 
- No Justin, é claro. - respondeu como se fosse óbvio. 

E ai eu paro novamente. Já senti arrepios quando Justin me tocou? Já senti borboletas no estômago _como Miley diz ou roncos como eu acho_ com o Justin? Já senti meu coração acelerado quando Justin estava próximo à mim? Eu não me lembro direito sobre isso, mas me lembro que quando comecei a namorar Justin, eu sentia como se eu tivesse conseguido, como se ele fosse tudo para mim e apenas meu. Mas eu sentia meu coração acelerado? Não me lembro, damn! 

- Ér... eu acho que sim. - respondi - Mas o que é tudo isso? - perguntei, afinal eu queria saber, pelos malditos sentimentos que tinha em relação à Nicholas.
- Isso tudo é sintomas de apaixonada, Selena. Você nunca se apaixonou? - me perguntou curiosa - Nem pelo Justin? - disse curiosa. 
- Bem... mais ou menos. - confessei - Eu não sei quando eu estou apaixonada, Miley, me apaixono muito dificilmente. - disse irritada ou algo do tipo. 
- Ah Selena, conta outra. Quando a gente se apaixona, faz com que o momento que tenha apenas vocês dois seja único, aproveitado e super apaixonado... ou não muito apaixonado. - disse concertando. 
- Você e o Nick aproveitam muito? - perguntei rindo, porém sentindo algo que não sabia o que. 
- Claro, né. - ela riu - Somos muito apaixonados, Sel. Pelo menos eu acho. - concertou - Ele me faz me sentir única e tudo aquilo que eu disse. - disse me olhando - Ele faz meu coração se acelerar só pela aproximação, mesmo sendo meu namorado à algum tempo. - suspirou. 
- Hum. - foi o que consegui dizer - Lindo, né? - falei 

Eu estava incomodada com tudo que ela me dizia, eu sentia algo estranho em mim que não sabia distinguir. Nunca senti algo assim por alguém, se é que me entende. Miley falava tão apaixonada por Nicholas que me dava enjôos. Eu sempre gostei de romantismo ou um cara super romântico, mas quando você ouve outras pessoas falando de seus, parece tudo tão enjoado. 
A gente mudou de assunto rapidamente e logo fomos dormir. A noite passou tão devagar. Talvez fosse pelo fato de eu ter acordado par de vezes, parecia que ainda algo me encomodava. Eu me irritava quando isso acontecia. 

Quando amanheceu, eu levantei, já cansada de ficar deitada na cama sem fazer nada e fui na sala, assisti tv, já que parecia que só isso eu fazia. Miley continuava dormindo e parecia que sonhava com Nicholas ou tinha um lindo sonho, então, para que acorda-la?
Deve ter passado uns minutos desde que levantei e vi Nancy chegando. Sorri e fui até a porta dos fundos, onde a vi entrando em casa. Eu amava conversar com Nancy, era divertido e ela fazia de tudo para que nossa conversa fosse cheios de risos. 

- Selena? O que faz acordada? - perguntou surpresa, tive que rir. 
- Não sei, só estou sem sono. Fiquei acordando várias vezes essa noite. Ah, a Miley veio dormir em casa, ela está lá no meu quarto. - avisei-a, antes que esquecesse. 
- Ah, tudo bem. Não tem muita coisa para o café, seus pais já acordaram? - me perguntou olhando por dentro da geladeira. 
- Não, eu acho. De sábado, eles dormem mais que eu, já que é o final de semana é o único que tem de folga. - disse lembrando-a - Devem acordar lá pelas oito.
- Já que são quase sete, vamos na padaria? - me perguntou e meus olhos devem estar brilhando. 
- Vamos, vamos! - disse animadamente, rindo junto com Nancy - Só vou trocar de roupa, um momentinho.

Subi para meu quarto, nem deixando Nancy responder. Troquei de roupa, colocando a primeira que eu vi, da mesma forma era confortável. Fiz minha higiene e logo sai do banheiro. Espiei Miley que estava ainda dormindo com um sorriso apaixonado e abraçando o travesseiro, eu ri e sai de meu quarto. 
Nancy me esperava na sala, sentada no sofá, assistindo qualquer coisa. Ela se levantou e reclamou por não estar passando nada, logo desligando a tv. Ri com ela pelo reclamo e seguimos para a padaria _que parecia uma starbooks_, que no qual eu amava muito. E a mesma Nancy sabia disso. 
Chegamos no nosso destino e fomos direto a onde tinha pães, bolos, entre outros. Enquanto Nancy pegava alguns pães, salgados, eu ficava olhando aqueles bolos lindos e maravilhosos que dava água na boca. 

- Quer pegar um pedaço de bolo, pegue! - olhei para Nancy como se tivesse dúvidas - Sua mãe deixou dinheiro, fica tranquila. - sorri, ela me conhecia como ninguém. 

Nancy sabia que se fosse pelo dinheiro dela eu não pegaria nada, então a mesma já tinha virado esperta e me conhecia muito bem. Isso que eu a admirava nela, ela conhecia muitas pessoas e não se importava se era a empregada da casa dos "Gomez", apenas era ela mesma. 
Peguei um bolo de chocolate com morago, meu favorito. Pedi para que ela pegasse um para Miley e Matt, pois sabia que se Matt visse que a gente pegou bolo só para alguns, ele ficaria bravo. Nancy aproveitou e pegou um para ela também. Pegamos os famosos cafés da starbucks, que eram muito bons. Nancy foi pagar enquanto eu segurava as sacolas, é para acabar, não é. 

- Anda logo Nancy! - pedi, fazendo-a rir e a acompanhei. 

Meu coração estava prestes a sair pela boca, o que ele estaria fazendo aqui? Eu estava nervosa, adimito, mas fazer o que. Ele não pode me ver, ou melhor, eles não podem me ver! Bem que a Nancy poderia ter algum tipo de poder para pagar logo. Ou poderia ser esperta o bastante para furar a fila. 

- Selena? - disse uma voz rouca atrás de mim, ai meu Deus! 
- Nick?! - disse fingindo estar surpresa - Nossa... o que você faz aqui? - perguntei rindo forçado. 
- O que a gente se faz numa padaria? - ele perguntou rindo de mim. 
- Hum, encontrar com as pessoas? - disse tentando esquecer o que eu havia perguntado 
- Claro, como nós agora. - disse revirando os olhos - Então, quer ir hoje lá em casa? A Demi vai, mas ainda não consegui falar com a Miley. - comentou. 
- Miley está dormindo lá em casa. - disse e ele ficou surpreso. 
- Ué, por que? 
- Porque os pais dela estão viajando e como não queria ficar sozinha. - respondi, revirando os olhos - Ela é louca, desculpe. - disse levantando as mãos. 
- Não, tudo bem, eu sei disso, é minha namorada. - ele sorriu, senti um encomodo
- Aham, e acredite, ela é super apaixonada por você. - disse rindo, ainda com o encomodo - Ela ama você. Sorte sua que você não a ouve falar de você, se não, você mesmo ia cansar de tanto que ela fala. - disse rindo. 
- Nossa, é tanto assim. - disse surpreso, me acompanhando no riso. 
- Você não faz ideia. - sorri - Mas eu a aviso que nos chamou para ir na sua casa, só não garanto que eu vá, já que ela é provavel que vá. - disse revirando os olhos. 
- Por causa do Joe? - ele perguntou e eu apenas assenti - Não se preocupe, provavelmente ele irá sair com a Angel. - disse revirando os olhos - Ou eles vão lá na em casa, não sei. É algo assim - me explicou. 
- Ah sim. - disse concordando - Mas ainda não sei se eu vou, ok. Eu vou ver se fico com vontade e peço para que sua namorada te avise. - disse rindo
- Tudo bem. - disse sorrindo - Falando no meu irmão, ele já deve ter pegado o que tinhamos que pegar e deve estar na fila ou já te saido. - disse olhando para a fila. 
- Mas a fila está grande, Nick. Como pode ter saido já? - respondi, já prevendo a resposta dele. 
- Acorda, ele corta fila, Selena. Até parece que não conhece seu melhor amigo. - disse rindo, eu sabia. 
- Pois é, ele é esperto. Ao contrário da Nancy. - eu o vi ficar com cara de curioso - Você não se lembra da Nancy, a que trabalha em casa? - perguntei e ele assentiu, sorri - É ela. 
- Ah sim. Joe está me chamando, até depois Selena. E ah, avisa à Miley que eu estou com saudades dela. - me pediu e eu revirei os olhos. 
- Vocês se viram ontem! - exclamei e ele riu 
- Mas da mesma forma, sinto falta dela. - disse, awn, revirei os olhos.

Ele se aproximou de mim e aqueles malditos sentimos que Miley havia me dito estava surgindo. Como sentir o coração se acelerar com a aproximidade da pessoa. Que droga de sentimentos. Ele me abraçou normal e eu o retribui, devia estar com um sorriso em meu rosto. Eu sentia ele sorrindo e meu coração bater tão forte que poderia sair a qualquer momento. E o estranho, era que eu sentia o coração dele batendo contra o meu. Estranho...  

 - Tchau, chatinha. - sussurrou em meu ouvido, fazendo com que eu me arrepiasse. 
- Tchau, idiota. - disse emburrada e ele riu. 

Sentir aquele riso próximo a mim não me fez bem, não mesmo. Pelo contrário, fez com que eu sentisse novamente aquelas sensações estranhas. Eu odiava aquelas sensações, sentimentos, eu queria me livrar deles o quanto antes. Por que Miley teve que dizer que era sintomas de apaixonada? Eu não estou apaixonada, sei disso e eu me conheço muito bem para falar qualquer coisa sobre isso, não é?!
Ele separou do abraço e seguiu para onde Joe estava. Ele me olhou com dúvida se fazia algo ou não, mas eu o entendia. Apenas dei um sorriso amigavel, recebendo um de volta dele. Isso é belo começo não acha? Pois é, estou me superando. 
Quando Nancy se aproximou, fomos direto para a porta da padaria, com destino de ir embora. O caminho todo fora engraçado, pois ela fazia palhaçada ou contava algo engraçado que acontecera em sua vida, fazendo com que a gente risse. Estavamos perto de casa, quando ela me parou. A encarei confusa, afinal, o que ela queria?

- O que foi Nancy? - perguntei. 
- Posso te perguntar uma coisa, Selena? - ela me perguntou e continuou andando, assenti para ela - Seus olhos brilharam quando você estava conversando com aquele garoto de cabelos encaracolados, você gosta dele? - me perguntou, gelei na hora. 

Eu sabia que eu podia confiar em Nancy para qualquer coisa, mas eu não podia contar sobre nada de meus sentimentos. Não que eu queria guardar só para mim, mas é que era algo que eu não tinha certeza, não gostava de colocar coisas falsas para as pessoas, ou seja, mentira. Mas eu estava nervosa com tudo aquilo. 

- Não, claro que não! - respondi de imediato. 
- Ah tá, achei que gostasse dele. Eu vi que seus olhos brilhavam e os dele também. Por um momento, achei que fosse seu namorado. - comentou. 
- Não, Nicholas não é meu namorado. - contrariei - Ele é namorado da Miley, que está dormindo em casa, Nancy. - disse e ela apenas assentiu. 

Durante todo o caminho, tentei puxar algum assunto com ela, o que resultou nossa longa conversa. Mas as palavras de Nancy não saia da minha cabeça nem por um minuto. "Eu vi que seus olhos brilhavam e os dele também". Por que tinha que ser dess jeito? Uma coisa eu tinha certeza, no amor nunca é fácil. Nancy sempre dizia isso para mim, que nunca era fácil, que nunca seria fácil, teriamos que passar por tudo junto com o outro, porque nos amamos. Ela é sonhadora e acredita no final feliz, assim como eu. Mas no meu final feliz, não tem Nicholas _por enquanto.
Chegamos logo em casa e meus pais já estavam acordados. Fui até meu quarto onde Miley ainda dormia tranquila. Fiquei com dó de acorda-la e então, fui até o quarto de Matt. Ele eu nunca tinha dó de acordar, afinal, ele nunca teve dó quando me acordava. Ele desceu até a cozinha junto à mim, para tomarmos café. Depois de uns minutos, Miley desceu e tomou café junto com a gente, que fora muito bom. Os salgados, o café, os pães, simplesmente maravilhoso. 
Sentamos no sofá, Miley estava em um junto à mim enquanto Matt estava em outro. Nós comiamos o bolo enquanto assistiamos um seriado qualquer na tv. 

- Miley, encontrei o Nick na padaria e ele convidou a gente para ir na casa dele hoje. Demi vai e provavelmente Joseph e Angel - fiz uma voz de enjoada no nome da Angel - vão estar lá. Ou eles vão sair, não sei. Você vai?
- Claro né. Estou com saudades do meu bebê. - comentou com os olhos brilhando, o encomodo de novo. 
- Ele também está morrendo de saudades de você. Ele mandou dizer. - disse me lembrando - Meu, vocês se viram ontem! - disse me deitando no sofá.
- Isso é falta de namorado. - disse Miley rindo - Justin não é bom o suficiente para você. - ela riu novamente, eu revirei os olhos. 
- Justin nunca foi bom para Selena. - comentou Matt - Ele é um chato. - isso fez com que Miley risse mais
- E você também nunca foi com as suas namoradas, Matt - disse irritada - Todas elas eram chatas. - Miley riu
- Vocês dois brigando é demais. - comentou Miley. 
- Fica quieta, Miley - eu e Matt dizemos em juntos.
- Tudo bem, eu vou ligar para o meu bebê, com licença. - se levantou - E você, Selena, vai na casa dos Jonas? - me perguntou e eu pensei. 
- Fale que eu vou, mas se eu mudar de ideia, a culpa não é minha. - a avisei e ela subiu para o quarto. 

Fiquei assistindo tv até Matt decidir trocar o canal e colocar em alguma coisa com futebol. Revirei meus olhos e levei meu prato e da Miley _que estava no criado perto da tv_ até a pia na cozinha. Voltei, percebi que Matt estava tão concentrado que poderia entrar um carro dentro da casa que ele nem ia perceber. Ri com meus pensamentos e subi para meu quarto. 
Eu estava tão enjoada quando entrei em meu quarto, por um momento eu me arrependi de ter entrado. Miley falava animadamente no telefone, sorrindo boba e falando coisas de como "eu te amo", "não eu amo mais", etc. Era tudo tão nojento e meloso. Éhr. 

- Parem, parem! - pedi e Miley riu. 
- Amor, eu vou desligar. Acho que preciso ligar para o Justin para avisa-lo que Selena precisa de um namorado descente. - ela riu e ouvia atentamente o que Nicholas dizia na outra linha. 

Miley queria só brincar com a minha cara. Peguei uma almofada que estava em uma poltrona em meu quarto e taquei, com tudo, em Miley. A mesma continuava a rir, mesmo que eu tenha lhe batido com a almofada. Ela falava com Nicholas rindo muito com a minha cara. Bufei e fui para meu closet, pegando qualquer roupa para que eu fosse tomar banho. Ouvi Miley pedir desculpas mas nem liguei, entrei no banho e só fiquei pensando. 
Por um momento, pude sentir o perfume de Nicholas ali, o que era loucura. Não, não era loucura, era uma blusa de Miley que tinha deixado no banheiro _que folgada_ e estava com o cheiro de Nicholas. O perfurme maravilhoso, mas irritante. Eu estava começando a odiar a fazer tudo, pois me lembrava, de tal maneira, Nicholas. 
Terminei meu banho e sai, colocando uma calça jeans, blusa azul cumprida até a metade da coxa e sequei meus cabelos no banheiro mesmo. Sai indo até o closet novamente, pegando um tênis allstar azul e uma meira, logo voltando para o quarto. Miley havia trocado de roupa, provavelmente já ia para a casa de Nicholas. 

- Tá menos irritada? - me perguntou rindo. 
- Você é muito engraçadinha, hein Cyrus. - disse me sentando na cama, colocando a meia.
- Qual é, Selena. Te ver irritada é muito engraçado, até Nick disse isso. E aposto que Matt concorda. - disse rindo novamente e logo voltando ao normal - É sério, me desculpa. Só aceita minhas brincadeiras, tá. Você me conhece bem. 
- Eu te conheço sim e sei o quanto é engraçadinha, mas eu não gosto muito de brincadeiras, você sabe disso. - eu disse começando a colocar o tênis. 
- Eu sei, desculpe de novo. 
- Tudo bem. - respondi e sorri - Mas para. - eu ri e ela logo me acompanhou - Que horas é para ir? - perguntei, mudando de assunto. 
- Agora, de preferencia. - disse me olhando - Ele está com saudades de mim, awn. - disse com os olhos brilhando e eu revirei os olhos - Pode ficar tranquila, eu aviso à Justin que você precisa de carinhos. - eu a olhie brava. 
- O que eu pedi, Cyrus? - ela se encolheu. 
- Desculpa. - eu ri dela. 
- Tudo bem, eu deixo você fazer brincadeiras comigo. - ela comemorou e eu ri mais ainda. 

Avisei à Mandy que íamos na casa dos Jonas e fomos. Matt queria ir, mas falei que não. Com certeza, só iriamos brigar, além dele fazer eu passar vergonha _digo, contando meus "podres"_. Fomos andando, já que era perto. 
Durante todo o caminho, conversamos em vez de rir. Quando Miley queria conversar sem fazer gracinhas, ela conseguia. Ela era amigavel e eu gostava quando ela fazia. O assunto era aleatório, o que era bom. Pareciamos como éramos antes, como quase melhores amigas. 
Chegamos na casa dos Jonas e Denise atendeu a porta para gente. Ela nos abraçou tão forte, parecia que não nos via à anos, o que ela sempre que fazia quando viamos aqui. Entramos e fomos direto para a sala, onde se encontrava Demetria, Nicholas e Joseph. Revirei meus olhos quando Joseph disse algo referente à mim, claro, ele faria qualquer coisa para me irritar e ele sabia como fazer isso. 

- Meu amor. - disse Miley pulando no colo de Nicholas, revirei meus olhos 
- Ainda bem que ela te viu, Nick. Não aguentava mais ela falando em você. - confessei, me sentando ao lado de Demetria. 
- Agora você sabe o que eu tenho que conviver. - resmungou Demetria. 
- Parem vocês duas, falta de namorado é foda. - disse Miley rindo, acompanhado por Nicholas e Joseph, revirei meus olhos junto com Demetria. 
- Eu tenho namorado. - disse Demetria, lembrando-os - Sterling que não é de bem com vocês ou vocês não são de bem com ele. - explicou
- É, mas ele que é um chato, Demi. Desculpe. - disse Nicholas - Ele é mesquinha.
- E eu também tenho namorado, só que ele está com problemas e está cuidando da mãe. - expliquei. 
- Sim, mas ele também é chato. - disse Joseph dessa vez, me olhando. 
- Chato é você. - contrariei ele, o olhei - Idiota. - disse já irritada. 
- Ok, vamos parar com isso ant... 
- Joe. - interrompeu e chamou Denise entrando na sala - Tem uma tal de Angel o procurando. - falou. 
- O que ela faz aqui? - perguntei irritada, eu seria capaz de brigar com ela aqui 
- Deixa ela entrar, mãe. - pediu - É uma amiga minha. - disse me ignorando totalmente. 
- Amiga? Tem certeza? - perguntou Denise, já que tinha ouvido minha pergunta, ela sabia que eu e Joseph eramos melhores amigos. 
- Sim, deixa ela entrar. - confirmou Joseph. 

Vi que Denise dera de ombros e saiu da sala. Joseph sorria irônico para mim, ele ainda não acreditava em mim e isso estava me machucando, mas não o mostraria. Uma loira entrou andando normalmente, mas assim que viu Joe, correu e o abraçou fortemente. Angel, como é chamada, deu um beijo na bochecha de Joe, sorrindo. Idiota, queria bater nela naquele momento. 

- Selena? - Angel disse surpresa - Ér... - começou 
- Idiota. - disse a olhando - Você é uma idiota. - repeti, isso daria uma briga. 

Previas dos Proximos Capitulos 

- Matt, vai dormir. - pedi enquanto colocava meu cobertor sobre minha cabeça. 
- Então não quer falar com seu amorzinho no telefone? 

Dei um pulo na cama que até Matt caiu. Peguei o telefone em sua mão rapidamente e logo atendendo. 

- Justin? - perguntei ofegante. 
- Selena! Eu sei que não devia estar te ligando agora, mas queria te perguntar uma coisa. - disse enquanto eu me arrumava na cama e mandava Matt sair do quarto. 
- Fale.
- Demetria está ai? É que tipo, ela disse que viria para casa hoje, para ver minha mãe, mas até agora não apareceu. - ele suspirou pesado. 

(...)

Angelina não podia tratar meus amigos da forma que ela tratou Demetria, isso deixava com que minha raiva por ela aumentasse a cada segundo, a cada dia. E nem ao menos, Joseph pronunciou algo, o que fez eu ficar com raiva dele também. Por que estava tudo desse jeito? É sempre assim, não é? Quando algo está bem, vem algo para atrapalhar.

(...)

E sem o previsto, tive que parar por vontade própria, vendo um ser em cima de uma mesa, parado mas ao mesmo tempo, olhando fixamente à um lugar. Me aproximei, mas parei assim que não dava mais para ir para frente. Uma menina ruiva ao meu lado estava tão concentrada, ela devia saber o que estava acontecendo.

- O que está havendo? - perguntei a mesma ruiva. 
- Uma declaração de amor. Sterling que está fazendo. Lembra daquele gato de olhos azuis? Então, é ele. - ela me disse num entanto empolgada. 
- Hum, é para você a declaração? - perguntei, afinal curiosa. 
- Não, para Demetria. 
- Huum... Demetria? - perguntei quase gritando e a menina concordou. 

(...)

- Boa tarde, senhor Jonas. - comecei, brincando. 
- Boa tarde, senhora Gomez. - retribuiu a minha brincadeira, eu ri.
- O que fez você mudar esse estilos, senhor Jonas? - perguntei sorrindo. 
- Hum, quem sabe porque achei que esse era mais 'eu'? - ele respondeu retribuindo o sorriso lindo. 
- Até que serve. - sorri - Mas, é um pouco estranho te ver assim, eu nunca te vi usando uma jaqueta de couro preta. - comentei - Ficou legal em você.
- Obrigado. - sorriu para mim, por um momento, parecia que tinha sentido meu coração acelerar - Eu ganhei do meu pai, ele disse que era para mim usar hoje, já que é um dia especial. - comentou. 

~

O que sera que a Selena vai fazer? Ela e muito vingativa ou so um pouco? Acham que essa "aparicao" da Angelina na casa dos Jonas e uma coisa boa? Huum, deem sua opiniao.
Gostaram?! Espero que sim. 
Desculpem pela minha demora. Eu realmente nao tive muito tempo essa semana. Sai quase todo dia, e quando entrava no computador, dava uma olhada e logo saia. Entao, me desculpem mesmo! Eu queria postar com mais calma e tranquilidade e e o que estou fazendo agora. Me desculpem mesmo. 
Coments respondindos, TWC :: chapter 13, TWC :: little part e Speak Now, mini fic. Gostaram da mini fic? Eu espero que sim. E muito obrigada pelos coments, voces sao tao fofas *-*.

Obrigada por tudo, voces sao maravilhosas, serio. Xoxo.

14 comentários:

  1. Olá!
    Estou postando uma nova fic, o que acha de passar lá e dar um olhada? :)
    Ficaria grata. wouldntchangeathingjemi.blogspot.com.br
    Bjs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heey. Okay, darei uma olhada assim que for possivel, okay? Gostaria que eu divulgasse? (: Obrigada por tudo, xoxo.

      Excluir
  2. Amei demaiss.
    A Selena é vingativa quando merecem =)
    E de certeza que não vai dar certo essa tal de Angel estar na casa dos Jonas - Já sabes que não gosto nadinha dela, só vou gostar quando ela for embora e o Joe ficar a Demi *.*
    Tá lindo - Como sempre
    Bjs
    ALWAYS STAY STRONG FRIEND *.*
    P.S: Obrigada por dedicares a mim =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heeey frieend *-*. Awwn, fico feliz que tenha gostado, serio. Huum, gostei da sua resposta, serio, Selena pode ser vingativa quando os outros merecem mesmo. KKKKKKKKKKKK, ela pode ser uma probleminha, mas acho que nao chega perto do que a Jasmille e para a Selena (;. E Demi ainda pode demorar para ficar com Joe :/. Awwn, fico feliz, obrigada *-*. Magina, voce merece que cada capitulo seja dedicado, ja que voce sempre esta lendo, acompanhando, comentando, isso me deixa feliz *-*. Obrigada por tudo, Stay Strong you too, xoxo.

      Excluir
  3. Não gosto nada dessa angelina :@
    Muito p*** ela, sério. Posso arrancar os cabelos dela? Eu ia gostar muito de fazer isso!!
    E que louca deu nesse sterling? Qual é cara!! Declaração? Ainda mais pra Demi, que é do Joe!! Vou ter que tomar providencias contra esse loirinho metido!!
    Ta incrível Faanyh!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Luuuuuuuuu, saudades *-*. KKKKKKKKKK, viish, acho que voce nao vai nunca mesmo gostar dela u.u KKKKKKKKK, vou te colocar na fic no final, arrancando os cabelos dela, u.u kkkk, brincadeira. KKKKKKKK, o loiro tambem? aah :/ pena que aqui, a maioria, e persistente. Awn, obrigada Luu, fico feliz que tenha gostado, serio. Obrigada por tudo, xoxo.

      Excluir
  4. EEEEEEEEEESPERA, A selena ta toda apaixonada pelo Nick, e na última parte das prévias "parecia que tinha sentido meu coração acelerar " e ela tava falando com o Nick né. Por um momento achei que ela estivesse falando com o Joe ali , AI! Só o que faltava, ela querendo os dois u.u
    Perfeito...
    Posta logo e obrigada pelo selo.
    Kisses

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, huuum, isso voce vai descobrir logo... eu acho u.u Mas, acho que pelo Joe ela nao ficaria apaixonada. No maximo, pode sentir uma atracao. E tambem, acho que ela nao trairia a Demi dessa forma. Awwn, obrigada, fico feliz, Myy, serio *-* saudades. Irei postar rapidinho dessa vez u.u e espero que goste. Magina, fora merecido *-*. Obrigada por tudo, xoxo.

      Excluir
  5. Lindo! Lindo!
    Nick vai mudar de estilo e agora que a Selly vai se derreter por ele, haha
    BEIJOS <3

    *Posta logo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwn, obrigada Sunny, fic feliz. KKKKK, vamos ver, sera?! u.u Irei postar logo e espero que goste (:. Obrigada por tudo, xoxo

      Excluir
  6. Amei amei amei! Simplesmente amei!!!
    Quero que a Sel arranque os olhos dessa Angelina, uma falsa, mentirosa!!!
    Ain ta cada vez melhor, vc é incrivel!!!
    Bjus até
    xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gaaaaaaaaabi *-* awwn, fico feliz que tenha gostado, serio, obrigada. KKKKKKKKK, nao e so voce, acredite u.u Awwn, fico feliz de estar cada vez melhor, serio *-* awwn, obrigada, voce tambem e incrivel, heein, nao esquece (:. Obrigada por tudo, xoxo.

      Excluir
  7. Tem selo pra você aqui:
    http://jemi-tryagain.blogspot.com.br/2013/01/selo-divulgacao.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awwn, obrigada pelo selo Fernanda, serio, fiquei feliz *-*. Obrigada por tudo, xoxo.

      Excluir

Did you like? I hope so. Tell me what you think about it. I will be happy *-*
Thanks, xoxo.